O YouTube tem grande influência sobre conteúdos e culturas hoje no mundo inteiro e isso não é à toa, 1,5 bilhão de pessoas no mundo conectam o site todo mês e só no Brasil são 98 milhões de pessoas logadas no YouTube. ( dados de 2018 ) .
Com esses números concordamos quando a própria rede afirma que “se você está online, uma hora vai dar play aqui”. Então é bom você investir no formato multimídia e começar a produzir vídeos para o YouTube.

Por que preciso produzir vídeo?

A necessidade das pessoas que procuram o YouTube hoje é solucionar problemas que elas possuem e os vídeos costumam trazer essa solução de forma rápida, prática e principalmente de fácil entendimento. O papel das empresas que vão produzir vídeos no YouTube é justamente atender essa demanda e ajudar seus clientes a entenderem os serviços/produtos que adquirem.

Antes de começar produzir vídeos é necessário saber quem é o seu público, ou seja, para quem o material vai ser criado. Somente com essa informação você vai conseguir definir qual é o tipo de conteúdo que você vai produzir, os assuntos que vai abordar, quantas vezes vai publicar no YouTube e tudo o que envolve a criação de conteúdo em vídeo. Além disso, você saberá como posicionar e otimizar o seu canal para conseguir atrair uma audiência cada vez maior e um público cada vez mais relevante.

Mas então: Como se destacar no youtube com tantos vídeos e conteúdos nas redes? O que precisa ser feito para se tornar um diferencial e ter um material efetivo?

Camilo Coutinho, estrategista digital (que palestrou no RD Summit em 2017), ensinou um novo termo para começar uma estratégia no canal de youtube. O termo que ele utilizou foi CEQC, que significa: Conteúdo, Estratégia, Qualidade e Consistência. Esses 4 pontos são essenciais para que seja possível se destacar dentre os vários vídeos que estão upados no YouTube.

Vamos entender o que cada letrinha dessa significa e o que podemos fazer para produzir um vídeo de sucesso e engajar o público com o canal:

1- C de Conteúdo: A parte principal do vídeo
É necessário ter um planejamento do conteúdo que vai virar vídeo. Para engajar o público é importante que o conteúdo seja de qualidade, para isso, a pessoa que vai pensar no conteúdo deve dominar o assunto. Se não domina, é preciso estudar, pesquisar, perguntar para o seu público o que eles querem saber. Peça ajuda da equipe, faça brainstorm, converse com os especialistas.

Tudo isso fará uma enorme diferença no conteúdo final, pois ele foi pensado e planejado com todos os detalhes e é a partir dessas ideias e definições iniciais que é possível começar a produzir o vídeo.

Mas claro, comece pelo roteiro e só depois vá para a gravação. O roteiro é o seu guia, com ele você cria a estrutura e a ordem de todo o conteúdo que será mostrado no vídeo, sem ele você pode acabar esquecendo de alguma informação importante.

Manter a produção de vídeo atrelada aos conteúdos do site e blog é uma ótima estratégia para aproveitar ao máximo todo o material produzido. Uma boa maneira de fazer isso é ter um vídeo que acompanhe um post do blog, tanto adicionar o vídeo ao texto escrito, quanto o contrário. Reutilize os conteúdos que já estão prontos em novos formatos.

2- E de Estratégia: Defina seu posicionamento
Quantos vídeos por semana? Como divulgar o vídeo? Onde divulgar além do YouTube?
Essas são as primeiras perguntas que devem ser feitas antes de começar a produzir os vídeos no YouTube, pois é necessário ter em mente qual será a frequência do material e a forma de divulgação para colocar no cronograma a produção e compartilhamento dele.

Além da divulgação é importante se preocupar com os resultados orgânicos: coloque sempre um bom título, descrição coerente com o conteúdo e tags relevantes. Sempre seguindo as práticas de SEO para ajudar o Google a entender onde o seu vídeo se encaixa exatamente e em quais pesquisas ele deve aparecer.

3- Q de Qualidade: Temática, Identificação, Valor e Seja incrível
A estratégia está definida, o conteúdo foi estudado e roteiro está pronto, mas e agora? Bom, o sucesso do canal no YouTube não depende apenas disso. A qualidade é primordial para receber um retorno da sua audiência. E quando falamos de qualidade não é apenas da parte técnica e equipamento, é sobre o conteúdo também.

O conteúdo precisa ter relevância, tem que responder e solucionar as dúvidas do seu público e deve ter coerência. Por isso, é tão importante saber para quem o vídeo está sendo direcionado – e isso é pensado lá na primeira etapa de planejamento 😉

 

A grande boa notícia, é que nossa agência está pronta pra assessorar sua empresa em relação ao conteúdo e produção de conteúdo em vídeos para Youtube, entre em contato conosco.

Fonte: Hostagtor